Ter um currículo bem elaborado, com experiências profissionais significativas, certamente é uma ferramenta decisiva para chamar a atenção das empresas e ser selecionado para uma entrevista ou para um processo seletivo.

Mas para quem está em busca do primeiro emprego e não possui nenhuma vivência nesse sentido, como apresentar as qualificações necessárias e conseguir se destacar em meio a outros profissionais?

No post de hoje, vamos solucionar essa questão com ótimas dicas que vão ajudar você a montar o seu primeiro currículo e entrar de cabeça no mundo profissional. Vamos lá?

Adquira novos conhecimentos

Se você ainda não possui experiências práticas na sua carreira, uma boa forma de adquirir habilidades que podem contribuir com a sua profissão é investir em novos conhecimentos.

Saber um ou mais idiomas é indispensável em praticamente todas as áreas de atuação e, certamente, vai colocá-lo à frente de outros candidatos, assim como ter conhecimentos em informática e dominar os softwares mais populares da profissão que você escolheu.

Além dessas experiências, fazer um intercâmbio também é uma ótima forma de agregar bons diferenciais ao seu currículo e deixá-lo mais atraente para as empresas.

Faça um trabalho voluntário

Você sabia que participar de projetos sociais, além de contribuir com o seu crescimento pessoal e com o bem-estar da sociedade, ainda pode fazer toda a diferença para o seu currículo?

É isso mesmo! Para as empresas, profissionais que realizam trabalhos voluntários demonstram características positivas como proatividade, organização, liderança, facilidade para trabalhar em grupo, interesse em aprender novas atividades e participar de diferentes projetos.

Engaje-se nos projetos da faculdade

Muitos dos projetos oferecidos pela sua instituição de ensino podem destacar o seu currículo nos processos seletivos para conquistar aquela vaga que você sempre sonhou.

Por isso, participar das atividades dos grêmios e dos centros acadêmicos, dos programas de iniciação científica ou das empresas júnior é uma ótima forma de desenvolver competências que poderão ajudá-lo a se sobressair no mercado de trabalho mais futuramente.

Estruture o seu primeiro currículo de forma simples e objetiva

Por fim, tendo em vista as suas habilidades e os conhecimentos adquiridos até agora, chegou a hora de organizar as informações mais relevantes para apresentar o seu perfil profissional aos recrutadores.

E para se sair bem nessa etapa, confira alguns tópicos importantes que não podem ficar de fora do seu currículo:

  • dados pessoais: nome completo, endereço, telefone e e-mail;

  • objetivo profissional: o cargo ou área da empresa para a qual você quer se candidatar;

  • qualificações: principais habilidades, conhecimentos e experiências que sejam relevantes para o seu objetivo profissional;

  • formação acadêmica: o nome da sua instituição de ensino, do seu curso e o ano de conclusão, ou previsão de término, caso ainda esteja cursando;

  • cursos complementares: cursos extracurriculares, congressos e workshops que tenham contribuído de forma significativa com a sua formação;

  • idiomas: línguas estrangeiras e o seu nível de conhecimento em cada uma delas (básico, intermediário, avançado ou fluente);

  • outras informações: experiências como intercâmbios, trabalhos voluntários, premiações e outros reconhecimentos.

Com essas dicas, você já pode começar com o pé direito a preparar o seu primeiro currículo. E para ficar por dentro de outras informações que vão ajudá-lo a destacar o seu perfil profissional e conquistar o mercado, assine a nossa newsletter!